Como escolher seu produto cosmético

Quem não gosta de um produto cosmético? O que poucos sabem é que nem todo cosmético é bom e faz bem! E a dica de hoje é como saber se o produto não te trará nenhum malefício no futuro.

 

 

Segue a lista de alguns componentes e motivos pelo qual você deve evitar o seu uso:

 

- Parabenos – Tema polêmico, ainda divergente e, mesmo diante de muitas evidências, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que não existem provas contundentes que possam relacionar os compostos químicos parabenos com o desenvolvimento de câncer.  Ainda assim, outros estudos apontam que o consumo de produtos que possuem parabenos pode causar alergias cutâneas e o envelhecimento precoce da pele. Uma coisa é certa: os parabenos interferem sim no sistema endócrino de humanos e animais - possui uma atividade estrogênica – e, por conta disso, é considerado um disruptor endócrino. Atualmente, essas substâncias vêm ganhando relevância, pois mesmo em doses pequenas, podem causar malefícios à saúde e ao meio ambiente.

 

- Petrolatos - Apesar de ainda ser muito utilizado, os petrolatos trazem inúmeros malefícios para o nosso corpo e principalmente para a nossa pele. Além de não possuir qualquer valor nutritivo, não é absorvido pela pele e também não promove hidratação de fato,  apenas lubrifica a derme superficialmente, provocando um tamponamento contínuo na pele. São substâncias que podem interferir nos mecanismos naturais de hidratação, retirando a capacidade de “respirar” tanto da nossa pele como do nosso cabelo, acelerando o processo de envelhecimento ao encorajar a geração de radicais livres. Na União Europeia, o uso de petrolatos já é muito restritivo. Outra inconveniência é que uma parcela da população tende a ter alergia de contato aos petrolatos. Por isso, é preciso conhecer bem a si mesmo e saber ao que você é alérgico. Como todo derivado de petróleo, o uso de petrolatos tem um impacto ambiental considerável. Se você se preocupa com o meio ambiente e quer manter um planeta saudável para as próximas gerações, talvez seja melhor dar preferência a ingredientes que sejam mais facilmente renováveis, como os óleos e manteigas vegetais, especialmente aqueles com certificação orgânica e livres de Greenwash.

 

- Propilenoglicol – Alto poder alergênico e sensibilizante, podendo desencadear dermatite de contato irritativa, dermatite de contato alérgica, urticária de contato e irritação subjetiva.

Este assunto é tão popular que, nos EUA, foi criada a ONG “Campaign for Safe Cosmetics” ou “Campanha para Cosméticos Seguros”. Em parceria com institutos de pesquisas, eles criaram um banco de dados de análise de produtos, como forma de pressionar empresas e governos.

 

Nós, da Phytos Fórmula Farmácia de Manipulação, nos preocupamos com nossos clientes, por isso nossas bases cosméticas padronizadas possuem conceito inovador VITALGREEN e TRICHOCONCEPT,  livre de propilenoglicol, petrolatos, silicone, parabenos e fragrâncias, o que proporciona uma formulação 100% NATURAL, podendo ser utilizada para qualquer tipo de pele e cabelo, principalmente para as peles sensíveis.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Fale Conosco

Medicamento é qualidade de vida, manipulação é Phytos Formula - Farmácia Zona Norte - São Paulo - Direitos reservados

Av. Água Fria, 1315   •  São Paulo  •  SP • CEP 02333-001 +55 11 2261.3555 / 2263.1605  •  M.S. nº 1.35.536-5 • CNPJ 04.052.298/0001-34

Farm. Resp. Dra. Julliana Mandia G. C. Machado  •  CRFSP 61.053 

Phytos Fórmula a sua farmácia de manipulação em São Paulo - Zona Norte
0